O Que Paula Deen Fez de Tão Sério?

Se você acompanha, pelo menos, um pouco das notícias americanas percebeu uma certa atenção a um nome, que até agora, soava um pouco desconhecido - Paula Deen, que (certamente) podia passar do seu lado na rua que você nem saberia quem é.

Paula Deen é uma das chefs mais famosas da televisão americana, do mesmo nível que Nigella Lawson e Jamie Oliver. Ela tinha um programa no Food Network (canal dedicado exclusivamente a culinária), no qual fazia os mais deliciosos pratos, desde sopa de batatas a cookies (veja os dois vídeos abaixo), no entanto ao fazer comentários muito racistas em uma entrevista ao The New York Times (em um momento ela mandou seu "amigo" negro sair da frente da tela preta porque ficava difícil de ve-lo), foi demitida do canal que trabalhava a mais de 10 anos e teve seu livro cancelada a poucas horas.
Desde então, Paula tem sido entrevistada por programas como "The Today Show" da NBC, "Good Morning America" da ABC, entre outros.
Editorial: Vendo o vídeo, é incontestável dizer que o que ela fez e falou não foi nada de mais, porque foi, pois num momento que os EUA aprova em praticamente todos os estados a união estável entre pessoas do mesmo sexo e ter um presidente negro, é praticamente um suicídio alguém falar uma coisa dessas em tempos de globalização, mas como não sou santo e ja fiz muita bobagem também, acho que demiti-la e cancelar o lançamento do seu novo livro de recitas é uma estratégia muito precipitada e capitalista, porque o que da para entender é que a sua editora e o Food Network estão extremamente preocupados com a venda de exemplares e a audiência para o público negro, descartando uma fonte de prestígio do canal e jogando fora todos os milhares de exemplares que o novo livro de culinária venderia. Agora pense de novo, alguém ai lembra que Robert Downey Jr. ja foi preso por cometer inúmeras infrações da justiça? Porque hoje ele é um dos atores mais bem pagos do cinema e nada em dinheiro com a popularidade de Homem de Ferro. Alguém lembra do Charlie Sheen da época de "Two And a Half Man"? Porque hoje ele esta mandando e desmandando no FX. E pior, ano passado todos criticaram Quentin Tarantino pelo modo com que chamava os negros em "Django Livre", mas a academia deu-lhe (olha que ironia) o Oscar de Melhor Roteiro Original. Por fim, pergunto a vocês, que América é essa?
E para aqueles alienados pela imprensa (principalmente a Americana), saibam que as declarações que estão saindo agora, sobre o "terrível ambiente de trabalho" que Paula Deen criou por chamar os negros de palavras terríveis, aparecem só agora no momento em que todos querem queima-la.
Repito que o que ela fez foi uma grande bobagem racista desnecessário, mas deixe seu comentário abaixo se você é aquele que nunca fez nenhum comentário racista na vida. Nossa equipe vai entrar em contato com você para que receba o prêmio de Bom Samaritano.

Paula Deen Prepara Sopa de Batatas:


Paula Deen Prepara Cookies:


Paula na Entrevista do The New York Times:


"The View" discute a decisão do The Food Network de demitir Paula Deen:


Paula Deen Pede Desculpas:


Paula Deen no "The Today Show":

2 comments:

  1. Bem, eu acho que suas comparações não foram muito adequadas.

    Comparar 2 viciados em drogas (Robert + Charlie) e um cineasta que usa termos racistas (com o objetivo de denunciar o racismo, mostrando-o de forma realista e/ou exagerada) não é a mesma coisa do que uma celebridade que "dá um fora" e, sem querer, demonstra seu racismo em rede nacional. Principalmente uma celebridade que vende sua imagem como sendo uma mẽzona gente boa e carinhosa.

    Nos EUA o racismo é muito pior do que aqui e muito mais violento.
    Aqui no Brasil o mais perto que chegamos dos preconceituosos radicais de lá (da região do cinturão bíblico e dos mórmons) são alguns focos encontrados no estado de São Paulo (em várias cidades), em Minas Gerais (especificamente e Belo Horizonte), e alguns estados da região Sul.
    Mesmo assim, não são grupos grandes e com tanta força como os de lá.

    ReplyDelete
  2. Pelo seu comentário dá pra perceber que vc é tão racista e safado quanto a apresentadora em questão, pra começar vc coloca a seguinte questão: o que ela fez de tão errado? pra vc que é um escroto com certeza não foi nada.
    E comparar dois artistas drogados, e um que fez um filme usando termos racistas para protestar contra ignorantes como vc(tanto que vc não entendeu o significado do filme), vc deve ser uma pessoa muito bondosa pois até se incomodou em escrever todo um texto, que por sinal uma grande merda só pra defender a sua colega. Parabéns!
    Há só pra deixar registrado, eu não sou negra mas sou neta de negro, e vc provavelmente deve ter antepassados negros, pois somente 5% da população brasileira é branca pura(pessoas que vieram de fora do Brasil nos últimos anos) 95% tem sangue negro, então pensa nisso antes de fazer seus comentários racistas seu idiota.

    ReplyDelete