De Pernas Pro Ar 2

Não adianta,o gênero que o brasileiro gosta de ver do cinema nacional é a comédia.Ponto.Mas especificamente aquelas que possuem temáticas relacionadas e sexo e atores da televisão,mas porque sera que esse filmes são os que o público idolatra e a crítica torce o nariz? Não sei,há tempo que tento entender essa queda de braços entre crítica e público,mas quando falamos das comédias mais rentáveis de 2012,sou obrigado a ceder para o público,porque mesmo boicotando joias como "Xingu","Paraísos Articiais" e "Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios",o público sabe prestigiar boas comédias nacionais,a exemplo de "E Aí....Comeu?","Até Que A Sorte Nos Separe","Os Penetras" e "De Pernas Pro Ar 2".
E como ja falamos desses três primeiros (a crítica de "E Aí...Comeu?" será publicada em breve),falemos então da ótima continuação do longa lançado em 2010 - "De Pernas Pro Ar 2".
Nesta continuação vemos Alice,que por mais que tenha jogado o celular na água no final do primeiro filme,cena a lá "O Diabo Veste Prada",e prometido que não trabalharia tanto,ela esta de volta,só que mais workaholic que antes,porque agora ela esta na eminência de abrir sua primeira loja em Nova York. Porém,devido as multi tarefas do dia a dia,Alice passa mal e é levada pelo marido para um spa,que aparentemente serveria para desestressar,mas ao encontrar um cara (Ricardo) que (aparentemente) possui seus mesmos problemas e dar um orgasmo na chefe do spa,Alice consegue escapar do lugar e enganar marido e o filho.
Com isso,ela engana a todos e leva toda a família,mais a divertida empregada Rosa para Nova York,para inaugurar a loja 101 em Nova York,o problema é que ninguém sabe desse pequeno detalhe,só Marcela sua empresária.
Temos ai uma história simples demais para a melhor abertura de um final nacional de 2012,certo? Certo,a menos que estejamos falando de um enorme apelo de público do primeiro filme e o beneficio do ótimo "boca-a-boca" o que eu é o caso deste longa. E por isso,é totalmente aceitável a loucura dos brasileiros estarem em busca de horários para assistirem  "De Pernas Pro Ar 2",porque elas não veem esse tipo de entretenimento desde 2011 quando o primeiro filme saiu de cartaz,e é totalmente aceitavel que tenhamos um terceiro filme,porque ainda tem muita coisa para tirar deste material e muita piada a ser contada.
Mas esse sucesso não seria possível se não fosse pelo timing de Ingrid Guimarães,que mesmo não tendo ajudado "Totalmente Inocentes" a ser tornar um sucesso, ela sabe como fazer as pessoas rirem,demonstrando que os brasileiros estão cansados de "Casseta & Planeta" e "Pânico",o público quer algo mais divertido,leve e (principalmente) familiar,porque o que seria da comédia bobagem sem ajuda dos adolescentes e das crianças arrastando os adultos para os cinemas?
Além de Ingrid,o elenco de apoio ajuda muito,Maria Paula (a sócia de Alice,Marcela) esta cada vez melhor,mesmo que tenha aparecido menos que no primeiro filme,ela consegue se desprender do terrível trabalho que a lançou na televisão,o "Casseta & Planeta",e mostra que é muito mais que (como diria Tony Ramos) belas pernas. Outras duas mulheres ajudam muito: Denise Weinberg (a mãe de Alice),que interpretou Ruiva em "Salve Geral",um dos melhores papéis e performaces de sua carreira,aparece mais nesta continuação e mostra que também faz comédia,quase tão bem quanto fez drama em "Salve Geral". E por último,Cristina Pereira (a Rosa) que  protagoniza uma das melhores cenas do filme (a do "fork"),esbanjando carisma e bom humor.Ela esta ótima em cena. Ja os homens,não fazem feio,principalmente Luís Mirada,que interpreta a (ótima) sátira ao jogador Vagner Love.
O diretor Roberto Santucci,merece o título de "O Homem da Comédia do ano",porque fazer comédias como essas (ele é diretor deste filme e do primeiro,além de "Até Que A Sorte Nos Separe") e arrastar milhões de pessoas ao cinemas de todo país,merece ser aclamado (como ja esta sendo). E se como realizador ele é ótimo,como diretor,não faz feio,porque ele sabe o quer,que tipo de história contar,sem ser eufemista ou controvérsio,além de deixar os atores livres em cena,muitas vezes deixando-os fazerem o que eles sabem de melhor: Comédia.
Então é isso,uma comédia leve e familiar que fala de sexo de uma maneira divertida sem ser boba ou fútil,com um elenco que sabe o que esta fazendo em cena,com uma ótima equipe de participações especiais que vão de Christine Fernandes á Rodrigo Sant'anna,com um bom diretor e um roteiro que por mais buracos que tenha,é bem amarradinho para que o público não perceba as eventuais falhas.
Que venha o terceiro,Alice em Paris e gr.....assista o filme e saiba o que é.
Parabéns.
Nota: 8,0

0 comments: