O Homem da Máfia

Desde de crianças escutamos os adultos falarem sobre máfia,mas o que seria máfia para as crianças? Um reino encantado das fadas para as meninas ou um grande torneio de futebol para os meninos? Mas é mais tarde que descobrimos que na verdade a máfia envolve negócios,jogos,dinheiro,ou melhor: associação secreta de malfeitores (como melhor define o dicionário).E é nesse conceito que Andrew Dominik se baseia para dirigir seu novo filme.
Que após fazer um ótimo "O Assassinato de Jesse James Pelo Covarde Robert Ford" volta neste filme que é melhor,mais cheio de ambição,poder e (o mais importante) cheio de qualidades.
Neste ótimo roteiro,vemos Johnny Amato (o Esquilo),Russel,Frankie,três espertinhos que ao tentar encriminar Arnie roubando sua casa de jogos,que é controlada pela máfia,mas acabam na mira de Jack Cogan,o matador da máfia,que fará de tudo para acha-los e....vocês ja sabem o que ele fará com eles.
Começamos então (é claro) pelo elenco,que sinceramente,se o sindicato dos atores (Screen Actors Guild) deixar de indicar este elenco aqui e o de "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" vou ficar muito irritado e indignado,assim como fiquei com os indicados do Grammy 2013.Enfim,o elenco merece muitos prêmios.
Ja que é assim vamos começar por: Ray Liotta,que sou obrigado a confessar que sempre critiquei-o,como por exemplo em "Rebelde Com Causa","Anti-Heróis","Território Restrito",enfim,muitos dos seus filmes,mas aqui fico feliz em dar o braço a torcer e dizer que ele não faz um trabalho tão bom quanto este desde "Os Bons Companheiros",que marcou época,como "O Homemda Máfia" (pra mim) marcou época também.Ray Liotta esta soberbo.Richard Jenkis é o maior e melhor cameleão que Hollywood tem,capaz de interpretar papéis pequenos como em "Deixe-Me Entrar",papéis emocionantes em "Comer,Rezar,Amar" e até mesmo os divertidos em "Passe Livre",e por mais que nesse papel ele não consiga aparecer tão bem como fez anteriormente,ele forma uma ótima dupla com Brad Pitt.James Gandolfini ja mostrou que sabe fazer um verdadeiro homem da máfia depois de estrelar a ótima "Família Soprano",mas aqui ele esta meio fora da definição de mafioso,beberrão e mulherengo,o personagem ja é dado como carta fora do baralho,e é claro que James sabe como ineterpretar tal personagem.Tanto sabe que esta na luta para ser indicado ao Oscar do ano que vem.A dupla explosiva: Ben Mendelsohn e Scott McNairy formam uma ótima parceria,pois além de terem uma ótima química,suas performaces proporcionam o lado cômico do filme,e como sei que foram bem? Duas coisas.Minha avaliação (que é sempre ótima,descupem a modestia :) e o primeiro prêmio que "O Homem da Máfia" recebeu foi,justamente,de Scott que venceu o "Hamptons International Film Awards" por ator revelação.
Mas espere,ainda ha um ator no qual não falamos: Brad Pitt,o principal,fica por último por ser o melhor em cena,pois sua confiança,segurança e empenho ajudam (e muito) no personagem,porque se vocês pensarem,meus caros leitores,fazer mafiosos no cinema,segurar uma arma e falar coisas bonitas todo ator de meia tigela sabe fazer,mas Brad Pitt sabe como ninguém,tornar esses tipos de personagem uma coisa nova e bonita de se ver.
Falado do elenco,temos outro departamento que impressiona:o roteiro,mas permita-me fazer uma correção,neste filme especialmente,o roteiro depende muito da direção,não só porque o diretor (Andrew Dominik) escreve o roteiro,mas porque os dois (direção e roteiro) tem tanta qualidade,que é impenssável comentar um e depois falar do outro.
Andrew Dominik é tão bom que ele sabe o momento certo de parar os longos diálogos,sabe o momento para pôr as vozes de Obama,McCain e Bush,para ilustrar a crise financeira de 2008,e paralelamente com a própria crise da máfia e sabe (como ninguém) dirigir atores.
Momentos Memoráveis....bom acho que seria a cena em que Jack Cogan (Brad Pitt) assassina Arnie (Ray Liotta),com aquela câmera lenta que é magistralmente brilhante.
Se eu fosse você,levantava dessa cadeira e iriar ao cinema assistir "O Homem da Máfia",porque afinal,meu caro leitor,é cado um por si.
Nota: 10

0 comments: