Comentários dos Indicados ao Globo de Ouro 2013

Levando em conta com a lista do ano passado,podemos concluir que esse ano a temporada de prêmios esta muito mais concorrida,retrato de um ano fraquíssimo no cinema,mas isso não quer dizer 2012 foi um ano recheado de bons longas.

Cinema: 

Os grandes feitos da lista de indicados começam com as indicações de "Django Livre" nas principais categorias,ja que no sindicato de atores "Django Livre" sequer foi lembrado.
O novo filme de Tarantino deve surpreender na categoria de Melhor Roteiro,ja que em direção a competição fica entre Steven Spielberg e Kathryn Bigelow,ator coadjuvante ficará entre Alan Arkin e Tomy Lee Jones e Melhor Filme de Drama,esta impossível de se prever por enquanto.
"O Exótico Hotel Marigold" foi mais bem lembrado no sindicato de atores que no Globo de Ouro,mas as indicações a Melhor Filme de Comédia e Melhor Atriz de Comédia para Judi Dench,ja valem como reconhecimento a um dos melhores filmes do ano.
Outra grata surpresa foi o reconhecimento de "O Mestre",ja que no sindicato apenas Philip Seymour Hoffman honrou o nome do super premiado novo filme de Paul Thomas Anderson.
No Globo de Ouro,Amy Adams é a única que tem chances de encomodar a vitória de Sally Field em Melhor Atriz Coadjuvante.Até porque,em melhor ator,a briga entre Daniel Day-Lewis e John Hawkes deve ser boa.
Não podemos esquecer também da memorável lembrança de Richard Gere pelo ótimo "A Negociação",que até mesmo no Sindicato foi esquecido.
Mas permitam-me defender o Sindicato dos Atores,porque o Globo de Ouro tem a vatagem de dividir as indicações em Drama e Comédia,e por isso Bradley Cooper ficou em melhor ator de comédia,e só assim Richard Gere conseguiu entrar na corrida.
Resta saber se a Academia lembrará dele.
Ja os problemas são mutios (que novidade): a não indicação de "Bem Vindo Aos 40",novo filme de Judd Apatow, foi vergonhosa,ja que mesmo não sendo muito bem recebida pelos críticos (foram 67 a favor e 68 contra) o filme é uma das melhores comédias do ano.
Outro problema,também na área da comédia,vem da indicação de Jack Black,que por mais que possa estar gloriosamente bem (como alguns críticos disseram),o nome de Jack Black nunca será sinônimo de qualidade,a menos que estejamos falando de "Escola de Rock".Um nome para seu lugar? Certamente Paul Rudd por "Bem Vindo Aos 40".
A vergonha mesmo,fica pela indicação de "Hotel Transilvânia" no lugar de "ParaNorman",e, sejamos sensatos,indicar uma animação de Adam Sandler a melhor do ano soa como um extremo paradoxo.

TV:

Na televisão tivemos menos erros,mas mais gritantes.
Começando na categoria de Melhor Série Dramática,aonde está "Mad Men"? Aonde esta as indicação de Christina Hendricks? E a de Elisabeth Moss? De volta aos anos 60 é que não estão.Quem eu tiraria? Certamente "The Newsroom",porque por mais que seja brilhantemente bem escrita,não chega a ser a melhor série dramática do ano.
O que aconteceu na categoria de Melhor Série de Comédia? Aonde esta "30 Rock" para sua última indicação? E "Glee"? Vale lembrar que depois de uma segunda temporada muito mediana,"Glee" voltou a ser o que era,ainda mais depois das participações de Kate Hudson e de Sarah Jessica Parker.E "Parks And Recreation"? Seria por causa das apresentadoras?
Ja nas categorias de Minisséria,os problemas aparecem com a não indicação de "American Horror Story: Asylum" e "Coma" (um dos últimos trabalhos de Tony Scott).Ambas as séries tinham que ter sido indicadas. 
Para parabenizar,estão nas indicações de "Nashville" e "The Girl",que realmente se destacaram.

0 comments: