As Aventuras de Pi

Todos nós ja sabemos que Ang Lee é um ótimo diretor,seja fazendo dramas super bem escritos como "O Segredo de Brokeback Moutain",ou seja fazendo filmes rentáveis direto de sua terra natal,a Tailândia como "O Tigre e o Dragão",mas nunca se esperou de um diretor tão experiente fazer uma adaptação de um best seller para os cinemas,e ainda coloca-lo no formato 3D.Mas assim como Martin Scorsese com "A Invenção de Hugo Cabret",Ang Lee revoluciona o conceito de espetáculo e nos entrega um dos melhores filmes da temporada,seja ele artísticamente ou esteticamente.
Pi,ou Piscine (que em francês siginica exatamente isso que você esta pensando - piscina) é um garoto que na sua infância sofreu muito bullying por causa do seu nome exótico.Só que mesmo crescendo,Pi continuou passando por problemas seja em domar um tigre de bengala ou se aproximar de uma espécie feminina.
Até que em viagem ao Canadá,o navio que transportava toda sua família e os animais do zoológico de posse do seu pai,naufraga e Pi é obrigado a dividir um pequeno barco salva vidas,pouca comida com um tigre de bengala por 221 dias.
Então,meu caro leitor se você esta esperando em assistir mais uma "aventura" como a de "Viagem: A Ilha Misteriosa" ou "Viagem Ao Centro da Terra" e faz birra para ver algo diferente e inusitado,recomendo que assista "Amanhecer - Parte II",que ainda esta em cartaz,porque só assim você não poderá reclamar de ver algo diferente.Mas vamos ao que interessa,o filme.
É claro que muitos brasileiros irão aos cinemas este final de semana a procura dos filmes oscarizáveis,que no caso,são aqueles que tem grandes chances de receber várias indicações no dia 10 de Janeiro.Mas pense em ir ao cinema não a espera de um filme que você possa dizer - Merece o Oscar - tente ir ao cinema,com a intenção de se emocionar com aquilo que será trasmitido na grande tela,e melhor,tente captar o real estado de espírito do filme.Mas peço que não interprete errado esse "estado de espírito",porque este não é um filme espiríta.Ele esta muito longe disso,porque o filme fala muito no assunto (religião),aliás ele nos ensina a ter fé.
Mas meu caro,se você não gostou em saber que o filme fala em religião,não desista,temos muitas outras coisas boas: o roteiro adaptado do homônimo best seller de Yann Martel,é muito bem escrito por David Magee,tem bons momentos e pequenas (e minúsculas) falhas.Agora se fora bem adaptado,preciso ler o livro antes. A direção de Ang Lee esta excelente como sempre,e deve encomedar os favoritos Kathryn Bigelow (com "A Hora Mais Escura") e Steven Spielberg (com "Lincoln"),mas mesmo que Lee não tenha sido indicado ao Globo de Ouro,ele merece receber desde ja todo o respeito e admiração dos cinéfilos.
Outra coisa que chama a atenção,são as qualidades técnicas do filme,principalmente os efeitos visuais que remetem muito "Avatar",devido a qualidade da realização e (lógíco) do vislumbramento,até mesmo com o tigre,que em muitos momentos nos confunde em saber dizer se era um tigre de verdade ou não.
Além disso,a qualidade do som é bárbara,ou seja,é uma mixagem tão boa,que harmoniza com a fotografia (também de qualidade) e com os ótimos efeitos visuais.Que no final,resultam nesse maravilhoso espetáculo artísitco,técnico e visual.
Todo e qualquer Oscar ou prêmio que "As Aventuras de Pi" vencer,não será nada mais que merecido.
Nota: 10

3 comments:

  1. olha, eu fui ontem assistir o filme, é lindo, os efeitos especiais sao incriveis, a historia de PI e o TIGRE, é fantastica...o tempo os tornaram amigos e a se respeitarem de certa forma.... um ajudou o outro. Bom eu recomendo sim o filme. e se puder assim que tiver um tempo vou ver novamente. ass. Fernando

    ReplyDelete
  2. meu caro amigo Fernando, ja me disseram o mesmo que vc frisou do filme e com certeza essa semana nao passara vou ver esse lindo filme onde retrata o Amor do Homem com a Natureza, bom dia!!

    ReplyDelete
  3. EU AMEIII O FILME E O ATOR QUE FAZ O PI, HAHA MUITOOO LINDUUU

    ReplyDelete